Previsão de expansão do mercado de crédito imobiliário

  

  

Cenário atual é otimista para quem deseja utilizar o crédito imobiliário.

O cenário atual está otimista para quem deseja utilizar o crédito imobiliário. A expectativa é a expansão do mercado de crédito imobiliário do Banco Central, que se confirmada revelará um dos maiores desaquecimentos do setor. No ano de 2003, o mercado imobiliário registrou uma alta de 8,81%. A previsão feita por Maciel se dá em um momento de arrefecimento econômico e grande alta dos juros.

Na última terça-feira, dia 23, uma projeção atualizada foi divulgada por Tulio Maciel, chefe do Departamento Econômico do Banco Central. Nela a estimativa de crescimento é de 9%. A estimativa anterior chegava aos 11%.


Para seguir as revisões metodológicas, o BC prefere se ater a uma série mais recente. Durante entrevista a jornalistas, Maciel citou as expansões verificadas desde o ano de 2008, onde uma crise financeira atingiu todo o mundo.

Naquele ano, o crédito teve um avanço de 30,7% e em 2009 como reflexo da turbulência que o mundo havia sofrido, houve uma queda para 15,1%. Em 2010, uma pequena retomada no crescimento ocorreu e os financiamentos para imóveis chegaram aos 20,6%.

Desde esse ano, as quedas foram constantes: 18,8% no ano de 2011, 16,4% em 2010, 14,5% durante 2013 e 11,3% no último ano.

  

O último relatório do Global Property Guide divulgado na semana passada, cita: “O espetacular boom da moradia no Brasil parece terminado”. Segundo o relatório, os preços de moradia subiram 113% em São Paulo e no Rio de Janeiro, 144%. Mas o cenário mudou nos últimos 12 meses, até o mês de março. Os preços trocaram de direção e caíram 1,12% em São Paulo, incluindo o ajuste inflacionário.

A queda do número de inscritos para adquirir o crédito imobiliário pode ser um mau sinal para quem oferece os serviços, mas com certeza é uma excelente chance para quem deseja financiar seu imóvel. Com os pedidos em queda, a expectativa é uma aprovação maior dos créditos. Hora de reavaliar se não é o momento de aproveitar a crise e financiar a tão sonhada casa própria.

Por Patrícia Generoso

Crédito imobiliário

Foto: Divulgação

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *