Dicas para comprar um imóvel em meio à crise financeira brasileira



  

Mesmo com a crise pela qual o Brasil está passando, é possível comprar um imóvel, porém é preciso muito planejamento e organização financeira.

Segundo os dados da Associação Brasileira de das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip) o crédito para financiamento teve um recuo de 33% no ano passado, e a previsão não é nada favorável: estima-se que este ano deve cair mais 20%. Apesar do cenário negativo, é possível comprar um imóvel diante da crise por meio de planejamento e organização financeira.

Que tal conferir algumas dicas?

Junte o máximo de dinheiro possível para dar a entrada da casa nova. O ideal é que seja 50% acima do valor. Além disso, quanto menor o tempo (prazo) de financiamento, menor é a quantidade de juros. Antes de fechar o negócio, organize todos os dados e escreva tudo no papel: as prestações, os juros, o valor real, entre outros. Tenha cuidado com a dívida a longo prazo e os riscos, e não comprometa mais do que 30% da renda com a prestação do financiamento.

Você está pensando em mudar ou aumentar a família? Nestas hipóteses, o melhor é alugar um imóvel e deixar a compra para depois. O mercado está atravessando um período difícil, em que os riscos de desemprego estão altos.





Geralmente, os pagamentos à vista têm desconto, e podem chegar à média de 20%. Além disso, não deixe de visitar os saldões das construtoras, porque muitas pessoas podem ter devolvido o imóvel, pois não conseguem o financiamento ou pagaram mais caro que o valor atual. Desta forma, foque em economizar, juntar dinheiro e tentar fazer uma boa negociação, para conseguir um valor justo e dentro do seu orçamento.

Outra dica para comprar imóvel nesta crise, é alugar uma casa em um local estratégico e mais barato. Desta forma, é possível sobrar um pouco de dinheiro, que pode ser útil para adquirir a casa dos sonhos.

Foque em dar um passo de cada vez: compre um imóvel menor, e depois os dos sonhos. Viva dentro da sua realidade financeira e não gaste mais do que ganha. É mais simples formar o patrimônio que deseja aos poucos e com foco em cada passo.

Uma das principais maneiras de juntar dinheiro é investir na renda fixa ou em uma aplicação que tenha poucos riscos. Além destas dicas, não deixe de conferir a documentação do imóvel, o crédito, o financiamento e as taxas do mercado. 

Por Babi



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *