Comprar a Casa Própria – Dicas para fazer um bom negócio



  

Confira algumas dicas importantes do que levar em consideração no momento de comprar a casa própria.

Em uma lista dos maiores sonhos de todos os brasileiros, pode-se destacar, com toda certeza, que um deles é a compra da casa própria tão sonhada. Porém, quando realizada a negociação, é importante levar muitos fatores em conta para não cair numa cilada.

Por isso, nós te damos dicas importantes do que levar em consideração nesse momento tão significativo. Vamos a elas.

1. Valor da Casa

Às vezes a casa dos sonhos não cabe no orçamento que se está disposto a pagar ou que está disponível. Por isso, avalie bem se você conseguirá arcar com uma dívida maior do que aquela planejada. Se sim, pense no imóvel que pretende comprar e na sua localização para saber certo o que você precisa para realizar esse objetivo. Caso contrário, coloque no papel o que é imprescindível para você e encaixe dentro do seu dinheiro.

2. Pesquise

A primeira opção que aparecer e que parece oferecer tudo aquilo que você precisa nem sempre é a melhor ideia. Por isso, antes de fechar um negócio, pesquise e veja outras realidades para poder comparar com outras realidades. Os lançamentos imobiliários e os estandes em eventos ou shoppings são uma boa pedida para conhecer mais opções. Portanto, contenha o entusiasmo e vá atrás de mais.

3. Peça ajuda de um especialista

Quem não é do ramo dificilmente conseguirá visualizar algumas imperfeições do imóvel e poderá se deixar levar por aquilo que vê. Por isso, é muito importante pedir ajuda de alguém que seja do meio para que ele possa auxiliar na avaliação dos imóveis, vendo se ele está em boas condições de uso ou se ele foi “enfeitado” para a venda.

Alguns exemplos de coisas que o especialista poderá identificar: problemas relacionados à estrutura da casa ou do apartamento, infiltrações, entre outros.

4. Avalie mudanças necessárias





A casa pronta, muitas vezes, precisa de algumas mudanças para entrar dentro da nossa realidade. Nesse caso, existem dois pontos importantes e que precisam ser lembrados. Em primeiro lugar, sabe-se que há coisas que são adaptáveis e outras não. Por exemplo, é possível mudar a pintura, o piso, esquadrias, entre outros. Todavia, há outras que não são tão fáceis de ser alteradas, como o tamanho de uma cozinha, de uma sala.

O segundo ponto a levar em consideração, é o valor que se irá gastar para fazer essas mudanças. Algumas custam mais e outras menos. Por isso, é importante orçar tudo isso e ver se é vantagem comprar um imóvel pronto ou começar um do zero e dentro das especificações que você precisa.

É importante lembrar que essas são apenas algumas dicas que devem ser levadas em conta. Porém, muitas vezes esquecemos delas e acabamos fazendo um mau negócio.

E se você tem algum outro ponto importante, coloque nos comentários e compartilhe com as demais pessoas. Talvez a sua ideia ajude outros.

Por Kellen Kunz

Comprar casa



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *