Bairros Mais Caros de Curitiba (PR) 2017



  

Confira aqui a lista com os bairros mais caros de Curitiba (PR).

Quem mora em Curitiba há alguns anos vai notar que os dados dos valores das regiões que apresentaremos não é nenhuma novidade. O bairro chamado Batel continua sendo o que abriga os apartamentos novos mais caros da cidade. Entretanto, vale a pena acompanhar os outros locais da lista, a fim de atentar-se ao fato de que o mercado está se preparando para uma retomada, fazendo repasse de mais do que a inflação, em relação aos preços dos imóveis verticais de Curitiba.

A Assembléia dos Dirigentes de Empresas no Mercado Imobiliário do Paraná, o chamado Ademi-PR, juntamente com a Brain Bureau de Inteligência Corporativa, apurou em fevereiro deste ano (2017), que o preço médio por metro quadrado privativo referente à apartamentos residenciais novos, marca R$ 6,9 mil, sendo que esse valor, num período de 12 meses, simboliza a alta de 5,2%, superando os 4,7% que foram registrados pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) dentro do mesmo período.

Os apartamentos de quatro e três dormitórios, de acordo com o Ademi-PR, marcaram no período de 12 meses, o que representa o maior reajuste dentro do período: 6% e 6,9%, respectivamente. Esse dado fez com que as tipologias citadas fechassem esse período com valor médio de metro quadrado privativo com preço de R$ 10.738 e R$ 6.846.

Veja aqui os bairros com apartamentos mais caros em Curitiba (as estatísticas são para apartamentos de um dormitório, de acordo com o levantamento feito em fevereiro):

15º) Vila Izabel: Com preço médio por metro quadrado de R$ 7.071;

14º) São Francisco: R$ 7.108;

13º) Juvevê: R$ 7.200;

12º) Prado Velho: R$ 7.481;

11º) Alto da XV: R$ 7.529,

10º) Alto da Glória: R$ 7.595;

9º) Centro: R$ 8.165;





8º) Rebouças: R$ 8.204;

7º) Hugo Lange: R$ 8.339;

6º) Mercês: R$ 8.351;

5º) Bigorrilho: R$ 8.614;

4º) Ecoville: R$ 8.870;

3º) Campina do Siqueira: R$ 8.889;

2º) Centro Cívico: R$ 9.343;

1º) Batel: R$ 10.638.

Como podemos ver, o bairro Batel segue ocupando o lugar de residencial mais caro na cidade de Curitiba, quando o assunto é apartamento novo.

Carolina B.



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *