Financiamento Imobiliário – Melhores e Piores Bancos para Financiar Imóvel



  

Confira aqui a lista com os melhores e piores bancos para se financiar imóvel.

Em um levantamento feito pela Proteste foram indicados os bancos que oferecem financiamento imobiliário com as menores taxas e demais despesas afins, ou seja, o custo efetivo de acordo com o valor do imóvel a ser financiado, bem como aqueles que são os piores ou com o custo mais elevado.

Vamos conferir quais são os melhores e piores bancos para financiar seu imóvel:

A CEF (Caixa Econômica Federal) continua sendo o melhor banco, ou o mais barato para financiamento de imóveis segundo levantado pela Associação de Consumidores.

A pesquisa comparou as taxas praticadas pelos bancos que mais financiam com crédito imobiliário no país, que são: Banco do Brasil, Bradesco, Itaú, Banrisul, Caixa e Santander.

Foram analisadas não apenas as taxas de juros, mas sim o CET (Custo Efetivo Total), que inclui todas as despesas de financiamento. Esta é a taxa em que o consumidor deve dar atenção principal no momento de financiar um imóvel.





Vamos verificar 3 cenários distintos e os melhores bancos no topo de cada lista e os piores nas últimas linhas:

– Imóvel de R$150.000,00, considerando 20% de entrada

  1. CEF (Programa Minha Casa Minha Vida)
  2. Banco do Brasil (Programa Minha Casa Minha Vida)
  3. Banco do Brasil (FGTS)
  4. Santander (SFH com relacionamento com o banco)
  5. Bradesco (SFH)
  6. Banrisul (SFH)
  7. Itaú (SFH)
  8. Banco do Brasil (SFH)
  9. Banco do Brasil (CH)

– Imóvel de R$400.000,00, considerando 20% de entrada

  1. CEF (Com relacionamento com banco e conta salário)
  2. Santander (Com relacionamento com banco)
  3. Itaú (SFH)
  4. CEF (Com relacionamento com banco)
  5. Bradesco (SFH)
  6. CEF (Taxa balcão)
  7. Banrisul (SFH)
  8. Banco do Brasil (SFH)
  9. Santander (Sem relacionamento com banco)
  10. Banco do Brasil (CH)

– Imóvel de R$960.000,00, considerando 30% de entrada

  1. CEF (Com relacionamento com o banco e conta salário)
  2. CEF (Com relacionamento com o banco)
  3. CEF (Taxa balcão)
  4. Banrisul (SFH)
  5. Santander (Com relacionamento com o banco)
  6. Itaú (Taxa mercado)
  7. Bradesco (Taxa mercado)
  8. Banco do Brasil (CH)
  9. Santander (Sem relacionamento com o banco)

É sempre importante lembrar que existem variáveis a serem consideradas, por isso a pesquisa mostrou 3 cenários distintos. Neles o consumidor poderá se enquadrar.

Lembrando que os primeiros de cada cenário são os melhores, sendo que conforme a lista segue caindo os que figuram abaixo são os menos atraentes.

Por Silvano Andriotti



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *