IPTU SP 2018 – Pagamento, Carnê



  

A partir do ano de 2018, haverá o encaminhamento do carnê apenas 2 vezes ao ano. Confira as opções.

O IPTU SP 2018 é uma das principais preocupações dos contribuintes que residem nesta região do país no início de cada ano, pois consistindo no imposto a ser pago para aqueles que possuem qualquer tipo de imóvel ou terreno dentro do perímetro urbano.

Como os valores e situações relacionadas com o pagamento adequado do IPTU para o ano de 2018 em São Paulo apresentam sempre modificações relevantes, este assunto será abordado com maiores detalhes em seguida neste artigo considerado.

Valores relacionados com o IPTU SP 2018

O montante a ser pago por determinado contribuinte quanto ao IPTU SP 2018 é realizado com base em uma multiplicação que considera o valor venal de cada um deles com uma alíquota delimitada pelos municípios do país de maneira específica.

O valor venal consiste no preço a ser pago pelo Poder Público caso aquele imóvel seja adquirido por meio de desapropriação sendo, portanto, sempre menor do que o valor de mercado considerado para o mesmo.

Já a alíquota vinculada com este imposto tem a sua porcentagem determinada por lei e que, no caso da cidade de São Paulo, por exemplo, será mantido em 3% com um reajuste relacionado apenas com a correção vinculada à inflação neste período avaliado.

Mudança no envio de carnê para pagamento IPTU SP 2018

Até o ano de 2017 os carnês para pagamento do IPTU relacionado ao ano corrente em São Paulo eram encaminhados um a cada mês que deveria ser pago pelos contribuintes de maneira especificada.

A partir do ano de 2018, haverá o encaminhamento apenas 2 vezes ao ano com a seguinte organização:

· 1º boleto: No início do ano contendo o lançamento referente ao valor total do IPTU com as suas primeiras parcelas.

· 2º boleto: Após o final do período de pagamento referente ao boleto anterior com os códigos de barras das parcelas ainda exigidas para sua quitação completa.





Para que os contribuintes não sejam pegos de surpresa haverá ampla comunicação no início do ano de 2018 com as datas especificadas para cada uma das situações mencionadas anteriormente.

Pagamento do IPTU SP 2018

As formas de pagamento vinculadas com o IPTU SP 2018 têm duas variações possíveis podendo ser feita de forma única como também de maneira parcelada em quantidades variadas dependendo do valor final a ser pago.

Existirão no ano de 2018 para o IPTU em São Paulo modalidades diferentes para sua quitação que pode ocorrer nas unidades da prefeitura municipal como também em alternativas como caixas eletrônicos dos bancos credenciados, pelo Internet Banking ou pelo cadastro de débito automático na conta corrente do contribuinte.

Consultas e 2ª via do IPTU SP 2018

Os contribuintes que possuem débitos pendentes quanto ao IPTU SP 2018 ou que desejam verificar alguns aspectos gerais de sua situação com relação ao pagamento deste imposto podem realizar consultas neste sentido.

Para isso basta acessar www.prefeitura.sp.gov.br escolhendo a página da Secretaria Municipal de Finanças acessando, em seguida, o ícone do IPTU que será apresentado após colocar informações como o CPF ou CNPJ bem como o código do imóvel.

Além de informar os débitos ou situação de um imóvel delimitado, este meio permite a emissão de 2ª via para carnês que se encontram em atraso, que foram perdidos ou que não chegaram ao endereço do contribuinte interessado com a geração, em seguida, do boleto bancário que deverá ser pago na data informada.

Conclusão

Desta maneira, ao considerar os aspectos básicos vinculados com o IPTU SP 2018 é possível realizar uma organização adequada no orçamento cotidiano para conseguir, assim, efetuar este tipo de pagamento sem atrasos evitando, com isso, a inclusão de novos valores ao montante principal delimitado.

Por Ana Camila Neves Morais



Compartilhar:

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *