É importante ficar atento a alguns detalhes antes de comprar um imóvel na planta para não ter arrependimentos futuros.

Depois de 10 anos de expansão do crédito imobiliário no Brasil, o ano de 2015 não trouxe boas notícias para o setor. O ano começou com uma restrição no crédito do financiamento de imóveis. As construtoras estão tentando evitar que o mercado sofra um desaquecimento e cada vez mais estão oferecendo melhores condições de pagamento, facilidades para a compra e promoções, a fim de conquistar novamente os clientes. Nesse cenário, quem vai comprar um imóvel na planta, deve estar atento a todas as promessas e facilidades prometidas. Confira algumas dicas para evitar cair em ciladas:

1 –      De olho na qualidade:

Fique atento à qualidade do imóvel que escolher e também a outros oferecidos pela construtora. É importante avaliar se a infraestrutura do imóvel é equivalente ao bairro escolhido e também às suas necessidades. Avalie a qualidade também dos materiais utilizados, através do memorial descritivo.

2 –      Condições:

Fique de olho nos prazos de começo e término da obra, prestações e reajustes, que no caso de um financiamento inferior a 36 meses deve ser anual e mensal se o seu contrato for mais longo. Se sua obra for financiada pelo Sistema Brasileiro de Habitação, o índice de juros deve estar identificado nos boletos de pagamento.

3 –      Publicidade:

Guarde os panfletos, pois eles são a promessa do que a empresa irá lhe entregar. O artigo 30 do código do consumidor lhe assegura seus direitos quanto a propagandas enganosas. Verifique se o que consta nos panfletos condiz com o memorial descritivo de materiais da obra e com a planta que foi aprovada pela prefeitura local. Você pode ter acesso a esse documento facilmente no cartório imobiliário em que sua obra está registrada. Aproveite para conferir se a obra está corretamente registrada.

4 –      Equipe:

Confira se os arquitetos e engenheiros são qualificados, inclusive verificando seus registros profissionais.

5 –      Contrato e Multas:

Leia o contrato com cuidado, tirando todas as dúvidas que possuir imediatamente, antes de assinar o documento. Se o vendedor não quiser esclarecer suas dúvidas procure um posto do Procon.

Ao ler o contrato, observe se há existência de multa de ressarcimento no caso de atraso da entrega final do imóvel. Esse item é bem importante, pois evita adiamentos constantes do prazo final.

Por Patrícia Generoso

Comprar um imóvel na planta


O sonho da casa própria faz parte da vida de vários brasileiros, mas é preciso muito cuidado, análises, pesquisas e planejamento para tornar esse sonho em realidade.

Quem ainda não tem o seu imóvel sabe que o maior sonho é ter uma casa própria, porém, é preciso ter muito cuidado ao comprar seu imóvel, do contrário você poderá ter uma tremenda dor de cabeça.

Atualmente, com os planos e facilidades oferecidos, parece que ficou fácil comprar sua casa própria, mas não é bem assim. A compra de um imóvel exige um planejamento e muita cautela, do contrário, você além de não conseguir ter sua casa própria, poderá adquirir uma grande dívida e muitos problemas.

Por isso, antes de comprar a casa própria é preciso fazer um levantamento para saber qual o orçamento que você tem disponível para realizar a compra. Não adianta sonhar com uma casa de 3 ou 4 quartos, se o seu orçamento só lhe permite comprar um imóvel de 2 quartos.

O importante é nunca comprometer mais que 30% da renda familiar com o pagamento das prestações de sua casa própria e é importante também, que se tenha uma reserva financeira, para o caso de alguma eventualidade.

Quando estiver pensando em comprar seu imóvel, procure pensar a longo tempo. Hoje você pode estar sozinho, ou casado, mas daqui a um, dois ou cinco anos, sua família estará maior? Por isso é preciso fazer um bom planejamento, para não se arrepender depois e aí será tarde demais.

Se você for comprar um imóvel usado, é preciso ainda mais cuidado, pois terá que fazer uma averiguação completa, tanto em relação ao estado do imóvel como também em relação à documentação do mesmo. Muitas pessoas, quando vão vender o imóvel, passam uma mão de tinta nas paredes e deixam o imóvel com aparência de novo e isso pode esconder trincas, infiltrações, problemas na parte hidráulica, entre outros.

Então tome muito cuidado e, se for preciso, chame um profissional de sua confiança para fazer uma avaliação para você.

Fique atento ainda a outros detalhes como o número de vagas na garagem, a posição do imóvel em relação ao sol, procure conhecer a vizinhança, verifique se há indústrias ou empresas próximas ao imóvel, ou até mesmo um comércio de grande porte, que poderá lhe causar algum transtorno e faça o levantamento da documentação completa do imóvel, valor do IPTU, do condomínio, etc.

O que você nunca pode fazer, é comprar sua casa própria baseado no lado emocional, ou simplesmente porque achou o imóvel “bonito”.

Seja cauteloso ao extremo e assim estará evitando muitos transtornos futuros.

Por Russel

Comprar um imóvel





CONTINUE NAVEGANDO: