Abril foi o 2º mês seguido de alta nas vendas e lançamentos de imóveis na cidade de São Paulo. Porém, o Secovi-SP reduziu as projeções para 2015, acreditando em um recuo entre 15% e 20% nas vendas. Segundo o Secovi-SP, sindicato da habitação, as vendas…



CONTINUE NAVEGANDO: