Vendas de imóveis com 3 dormitórios em São Paulo – Crescimento em outubro de 2011




O mercado imobiliário, embora um pouco menos aquecido, vendeu mais unidades com mais dormitórios do que o normal.

Dos imóveis comercializados em outubro de 2011, 54,1% eram com três dormitórios, ou seja, das 2.017 unidades vendidas, 1.092 estavam neste perfil. Na segunda posição, os imóveis com dois dormitórios representaram 29,4%.


O percentual foi divulgado pelo departamento de Economia e Estatística do Secovi-SP (Sindicato da Habitação) em pesquisa divulgada pela entidade.

Durante todo o ano de 2011, as vendas dos imóveis com três dormitórios só havia sido maior em abril. De julho a setembro, as unidades com dois dormitórios representaram cerca de 50% das unidades vendidas.

Nos Bairros da Mooca e Brooklin, os apartamentos custaram entre R$ 750 mil e R$ 900 mil. Já em Interlagos, Pari, Itaim Paulista, Cambuci e Parque Bristol, os valores oscilaram entre R$ 200 mil e 520 mil.


Em relação à área em metros quadrados, o maior volume de vendas se concentrou entre imóveis com 46m2 e 65m2.

Os lançamentos também ganharam destaque e tiveram um pequeno avanço. Em outubro foram disponibilizadas 3.215 unidades contra 2.739 no mês anterior. Os dados são da Embraesp (Empresa Brasileira de Estudos de Patrimônio).

Por Natali Alencar

Compartilhar:


Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *