Vendas de imóveis com 3 dormitórios em São Paulo – Crescimento em outubro de 2011



O mercado imobiliário, embora um pouco menos aquecido, vendeu mais unidades com mais dormitórios do que o normal.

Dos imóveis comercializados em outubro de 2011, 54,1% eram com três dormitórios, ou seja, das 2.017 unidades vendidas, 1.092 estavam neste perfil. Na segunda posição, os imóveis com dois dormitórios representaram 29,4%.



O percentual foi divulgado pelo departamento de Economia e Estatística do Secovi-SP (Sindicato da Habitação) em pesquisa divulgada pela entidade.

Durante todo o ano de 2011, as vendas dos imóveis com três dormitórios só havia sido maior em abril. De julho a setembro, as unidades com dois dormitórios representaram cerca de 50% das unidades vendidas.



Nos Bairros da Mooca e Brooklin, os apartamentos custaram entre R$ 750 mil e R$ 900 mil. Já em Interlagos, Pari, Itaim Paulista, Cambuci e Parque Bristol, os valores oscilaram entre R$ 200 mil e 520 mil.

Em relação à área em metros quadrados, o maior volume de vendas se concentrou entre imóveis com 46m2 e 65m2.

Os lançamentos também ganharam destaque e tiveram um pequeno avanço. Em outubro foram disponibilizadas 3.215 unidades contra 2.739 no mês anterior. Os dados são da Embraesp (Empresa Brasileira de Estudos de Patrimônio).

Por Natali Alencar

Leia também:  FGV - INCC apresentou avanço em março de 2011

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *