Venda de imóveis residenciais em SP teve queda em julho

Em julho foram registradas 2.588 vendas de unidades em São Paulo, queda de quase 60%.

A venda de imóveis residenciais no estado de São Paulo no mês de julho teve uma queda de quase 60%.  No mês de julho foram registradas 2.588 vendas de unidades, número que recuou para 1.042 no mês de agosto. Os números são de uma pesquisa realizada pelo Sindicado da Habitação do estado de São Paulo (Secovi-SP).

Mas o número de vendas do mês de julho, quando comparado com o mesmo período do ano passado, teve um aumento de 41,6% das vendas. A explicação é que o evento da Copa do Mundo afetou de certa forma negativamente o mercado imobiliário no país no ano de 2014.

Os lançamentos também tiveram queda. Os dados são da Empresa Brasileira de Estudos de Patrimônio (Embraesp). No mês de julho, o número de unidades residenciais lançadas foi de 825, o que representou uma queda de 59,5% em relação ao mês de junho e de 26,9% se relacionado com o mês de julho do ano anterior.

Segundo a Secovi, os lançamentos do mês de julhos deste ano tiveram o menor número registrado, desde o ano de 2005.



Dos imóveis vendidos registrados, 49,3% tinham dois quartos. Eram 514 unidades, com valor médio de venda de R$ 358 mil. O valor era bem próximo ao registrado no mês anterior (em junho, o valor era de R$ 350 mil por unidade). Já os imóveis com apenas um quarto, representaram uma porcentagem de 31,9% do total de vendas, (332 vendidas). O terceiro lugar ficou com os imóveis de três quartos, representando 16,2% do total de vendas (169 vendidos). Por último, apareceram os imóveis com quatro ou mais quartos, que representavam 2,6% do total de vendas (somente 27 unidades vendidas).

Claudio Bernardes, presidente do sindicato afirma que percebe-se uma tendência dos empresários para se ajustar as atuais regras, utilizando criatividade, mesmo diante das incertezas econômicas. Para ele, no entanto, não é preciso somente viabilizar a venda de imóveis para quem procura moradia, é preciso também oferecer boas condições de financiamento residencial, com melhores taxas de juros e condições adequadas a cada cliente.

Por Patrícia Generoso

Venda de imóveis





Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *