Novo Financiamento Imobiliário do Itaú Unibanco



Novo crédito imobiliário será corrigido pela poupança.

Foi lançado, pelo Itaú Unibanco, na última quinta-feira, dia 09, a linha de crédito imobiliário com correção através da poupança, na esteira de ações adotadas por grandes instituições financeiras para atrair clientes utilizando operações a longo prazo, orientados pela queda na taxa de juros no Brasil para o menor nível histórico na rabeira de uma recessão iniciada a partir da pandemia sanitária vivida pelo mundo, devido ao Covid-19.

Inicialmente o Itaú Unibanco ofertará operações de empréstimos tendo como objeto a aquisição da casa própria a taxa, fixa, de 3,99% somado ao juro remuneratório proveniente da caderneta de poupança, com possibilidade de alcançar índice anual de 5,39%, de acordo com material do banco recebido por agentes imobiliários.



No que diz respeito à venda para este produto, a principal argumentação utilizada é o estabelecimento de um teto máximo de taxa de juros anuais, que chega a 10,16%. Porém, os clientes que contratarem a linha de crédito deverão se atentar ao máximo, pois a instituição irá informá-lo sobre o momento em que a taxa do contrato terá reajuste.

Uma simulação realizada pela instituição apontou que a parcela de número 1, considerando as taxas de juros anuais da linha de crédito tradicional, de 7,3%, chega ao valor de R$ 3.561,00 contra R$ 2.943,00 quando o cálculo é realizado considerando a taxa de 5,39% da nova linha de crédito.



Ao analisar o valor total do financiamento, os números sofrem um recuo de aproximadamente R$ 60.000,00, quando considerado 30 anos de prazo de pagamento em um imóvel de R$ 708.000,00,sendo R$ 411.000,00 financiados, considerando a atual taxa de juros durante todo o financiamento.

Leia também:  Santander Financiamento Imobiliário - Como Funciona, Taxas

Segundo o Itaú unibanco, a nova linha de crédito estimulará a economia pelo cliente, além de evitar que ele seja surpreendido negativamente durante o período de financiamento, diferentemente do que ocorre no modelo de indexação associado ao Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), utilizado por seus concorrentes. Um exemplo é a linha de crédito anunciada pela Caixa Econômica Federal em agosto de 2019.

Através da nova linha de crédito disponibilizado pelo Itaú Unibanco o tomador do financiamento poderá utilizar seu FGTS como parte do processo de quitação de valores, desde que este esteja enquadrado nas determinações estabelecidas pela Caixa Econômica Federal.

O responsável pelo financiamento também terá outra vantagem: a possibilidade de compor renda com uma segunda pessoa. A metodologia utilizada pela instituição financeira é o SAC (Sistema de Amortização Constante), que estabelece o abatimento de parte do valor pago em cada parcela direto no saldo devido. A concessão de crédito através desta nova linha só será disponibilizada para financiamento de imóveis residenciais, sendo necessário pagar ao menos 18% do valor de avaliação do imóvel como entrada.

Por enquanto o Itaú Unibanco não vai autorizar a utilização de portabilidade de financiamento realizado em outras instituições financeiras para esta linha de crédito. Aqueles que pensam em migrar da taxa de juros baseada na caderneta de poupança para uma taxa pré-fixada terão uma enorme surpresa, pois a o banco também não permitirá este tipo de operação. Somente pedidos de migração de atuais linhas de crédito associadas à outros índices para a nova linha serão avaliados pelo banco.

Como se observa, com as perspectivas geradas em função da pandemia sanitária vivida pelo mundo, as instituições financeiras precisam se mexer para não permitir que seus concorrente tomem seu lugar na preferência dos correntista. Linhas de crédito como esta do Itaú Unibanco mostram que as instituições estão lançando mão de algumas possibilidades para conquistar novos correntistas e manter os atuais em sua carteira. Para os que estão pensando em adquirir o tão sonhado imóvel, este pode ser o momento de optar por um financiamento com condições mais acessíveis.

Leia também:  Crédito Imobiliário - Alta em janeiro de 2012

Próximo Post

Não há mais posts

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *