Queda no Valor do Aluguel de Imóveis em 2022


Preço do Aluguel de Imóveis pode cair em 2022. Confira aqui o motivo.

Sem dúvidas, após o início da pandemia, um dos maiores problemas enfrentados pelos brasileiros foi o preço dos aluguéis de imóveis. Entretanto, existem indícios de que ele ficará mais barato no começo de 2022.


De acordo com informações obtidas através do Índice Geral de Preços – Mercado, que é usado exatamente para calcular questões como o reajuste de aluguéis, foi registrada uma queda que já vem de alguns meses. Nesse sentido, vale ressaltar que ela começou a acontecer ainda no mês de novembro de 2021, quando apresentou 17,89%.


Ainda que este número seja considerado bastante alto, é possível afirmar que se trata do menor índice no período de um ano. Assim, ele é capaz de revelar uma tendência de queda no preço dos aluguéis de uma forma geral.


Também vale pontuar que o movimento em questão pode ser corroborado pelo último Boletim Focus, lançado em dezembro de 2021. De acordo com o levantamento em questão, feito pelo Banco Central e a partir das perspectivas de mercado financeiro, uma projeção de fechamento de 17,47% a menos foi registrada para o IGP-M. Ou seja, um número ainda inferior ao de novembro de 2021.


Quando se aborda as perspectivas do mercado para o ano de 2022, é possível destacar que o setor financeiro segue muito otimista quanto ao preço dos imóveis. Nesse sentido, o Focus chegou a apresentar uma projeção de 5,49%, o que representa uma queda de, em média, 12% quando se compara com o ano de 2021.

É interessante destacar também as informações da Pesquisa de Locação Residencial feita pelo Secovi do estado de São Paulo. De acordo com os dados do levantamento em questão, uma queda no preço dos aluguéis de imóveis foi regirada durante os meses de dezembro de 2020 e novembro de 2021. Durante estes meses a variação foi negativa em 0,75%, o que revela porcentagens muito inferiores ao IGP-M do mesmo período.

De acordo com o declarado por Adriano Sartori, que atua como vice-presidente do setor de Gestão Patrimonial e Locação do Secovi, é possível observar uma estabilidade no que se refere ao preço dos imóveis na cidade de São Paulo.

Para Sartori, durante os últimos meses existiu um deslocamento entre o valor do aluguel e o IGP-M está diminuindo. Assim, para o vice-presidente, isso está diretamente ligado ao avanço da vacinação, que está beneficiando o mercado imobiliário, especialmente no que se refere à locação, e isso deve se consolidar como uma tendência para 2022, um ano que tem tudo para apresentar números mais positivos.

Para ilustrar essas questões é possível destacar que durante o mês de novembro de 2021 as pesquisas por imóveis com um quarto chegaram a registrar uma variação de 0,25%. Além disso, no que se refere aos apartamentos de 2 quartos, a taxa de procura foi de 0,20% e, por fim, os imóveis com 3 quartos registraram taxas de 0,10%.

Essas perspectivas são positivas tanto para quem pensa em disponibilizar um imóvel para locação quanto para quem está à procura de uma nova casa porque podem trazer mais estabilidade para o mercado imobiliário, facilitando para que as duas partes consigam encontrar o que estão procurando de forma satisfatória.

Porém, se você está em busca de um bom apartamento, sabe que não deve considerar somente o preço, mas sim fazer uma avaliação mais detalhada das condições do imóvel durante uma visita. Além disso, compensa comparecer ao local mais de uma vez e em horários variados para verificar questões como o barulho da região. Outro aspecto fundamental durante a busca por um novo lar é considerar a metragem, visto que você passará pelo menos um ano ocupando aquele local e precisa priorizar o conforto para que isso não se torne insustentável com o tempo.


Amanda Guimarães Faria


Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.