Auxílio Aluguel – O Que é, Quem tem Direito, Como Pedir


Saiba aqui quem tem direito e como pedir o Auxílio Aluguel.

Quem paga aluguel sabe o quanto é difícil chegar ao início de um mês e ter que desembolsar um valor que em tempos de crise financeira é relevantemente alto e que poderia ser usado de outra forma para o benefício da família.


O aluguel é mais um custo que tem pesado no orçamento dos brasileiros. Vivemos na atualidade muitas dificuldades, principalmente quando falamos de desastres naturais, como os que aconteceram em minas Gerais, Bahia, Rio de Janeiro, são Paulo e Petrópolis, que em decorrência das fortes chuvas, levou centenas de pessoas a perderem suas casas e para recomeçarem precisam alugar imóveis, mas que possuem uma situação financeira muito debilitada.


Desse modo, é vidando auxiliar estas famílias que o governo criou o Auxílio Aluguel.


Para quem ainda não conhece ou que nunca ouviu falar, o Auxílio Aluguel é uma medida criada com o objetivo de promover a assistência social, cujo destino é auxiliar de forma emergencial famílias que se encontrem sem moradia, por motivos como incêndios, deslizamento de terras, invasões irregulares, enchentes, reintegração de posse, entre outros motivos que podem deixar uma família sem um lar.


O Auxílio Aluguel possui duas divisões, sendo elas o Aluguel Social e o Auxílio Moradia.

O Aluguel Social é um auxílio que é fornecido pelo Governo Federal que se caracteriza por pagamentos depositados todos os meses para famílias que por algum motivo perderam suas moradias. É um auxílio regulado por uma lei que determina que o aluguel seja destinado a família, até que esta consiga uma nova moradia ou até mesmo faça parte de programas habitacionais que o próprio governo possui como o Programa Casa Verde e Amarela, que têm ajudado milhões de famílias a conquistarem suas moradias. É importante lembrar que este auxilio abrange famílias de todo o país.

Por sua vez o Auxílio Moradia possui abrangência municipal. De igual forma ele foi criado para assistir famílias que por motivos de desastres naturais acabaram perdendo suas moradias e que possuem vulneráveis condições financeiras. Contanto, é importante ressaltar que nem todas as prefeituras do país oferecem este auxílio. No caso, a prefeitura da cidade de São Paulo disponibiliza este auxílio. Na cidade de São Paulo, por exemplo, além deste auxílio moradia para famílias que perderam a sua casa, este auxílio engloba também mulheres que passaram por violência doméstica e que precisam de um novo lar.

Para ter direito ao Aluguel Social, que é também um Programa do governo Federal, é necessário que as famílias cumpram alguns requisitos, como:

– Já ser auxiliada pelo Auxílio Brasil;

– Estar com o cadastro atualizado no CadÚnico;

– Estar participando do auxílio de desconto na conta de energia elétrica;

– Estar passando por uma situação considerada de risco, ou ainda estar em vulnerabilidade depois de se ter vivenciado situações calamitosas ou de remoção habitacional;

Em relação ao valor que cada família poderá contar mensalmente para quitar o aluguel de uma nova moradia, este dependerá de cada situação e também da prefeitura. Desse modo, é preciso buscar por informações e orientações. Estas orientações podem ser encontradas no CRAS de cada município, que é Centro de Referência de Assistência Social ou ainda em secretarias da prefeitura.

Assim, pode ser que o valor seja de R$ 400,00 por mês, por um período de um ano, durante 12 meses. É possível que este período seja prorrogado por tempo igual, como ocorre com mulheres que são vítimas de violência e que possuem uma renda correspondente a um quarto do valor do salário mínimo brasileiro e que também residam no município de São Paulo.

Para fazer o seu cadastro nos programas de Auxílio Aluguel e Auxílio Brasil é preciso que a família já possua cadastro no CadÚnico e também é preciso ser auxiliada pelo Auxílio Brasil.


Ana Paula


Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.